Livro do mês

  1. História da Cirurgia

    Livro apresentado no passado dia 27 de abril na Ordem dos Médicos pela Senhora Professora Amélia Ferraz.Segundo o Senhor Professor José Manuel Amarante, autor da apresentação, trata-se de um livro que é o resultado de um trabalho que vem dar um novo e valioso contributo para a historiografia da cirurgia portuguesa, e que, de alguma forma, cronologicamente, vem permitir atualizar o livro editado em 1926, pelo Senhor Professor Hernâni Monteiro, Origens da Cirurgia Portuense. Livro que durante anos esteve praticamente esquecido. 
  2. A ASSISTÊNCIA EM PORTUGAL NA IDADE MÉDIA

    A obra pretende dar uma visão completa da assistência em Portugal na Idade Média em três partes essenciais: a primeira caracteriza o período da Idade Média; a segunda dá conta das várias formas de assistência existentes, tais como a assistência individual, a assistência das instituições e a assistência na Armada; e a terceira descreve a assistência médica propriamente dita, prestada pelos hospitais e farmácias. A singularidade do livro assenta, por um lado, nas inúmeras ilustrações de carácter centenário.
  3. Armanda Passos – blocos de desenhos ESBAP

    Armanda Passos nasceu no Peso da Régua, em 1944. Licenciou-se em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto. Foi monitora de Gravura na ESBAP (1977-79) assistente de Ângelo de Sousa. Premiada pelo Ministério da Cultura em 1984. Participou em diversas exposições individuais e coletivas. Representou Portugal em bienais internacionais. Expõe desde 1976. Vive e trabalha no Porto.  Reunindo desenhos dos anos 70 que representam uma determinada época da pintora e que refletem o contexto da produção artística da cidade à altura, esta é primeira exposição   
  4. RETRATOS LEGENDADOS

    Serafim Guimarães reúne neste livro um conjunto de retratos, da sua autoria, de personalidades de grande relevância na vida pública portuguesa, no campo das artes, da política e da medicina, Os retratos são acompanhados por pequenos textos sobre cada uma das personalidades que espelham a relação do retratista com o retratado. São cerca de 50 retratos de personalidades públicas, complementados por curtos textos que espelham encontros e afinidades entre o retratista e o retratado. As personalidades retratadas nesta obra destacaram-se no campo das artes, da política e da medicina, e despertaram a admiração de Serafim Guimarães, afeição vertida no traço e nas palavras do autor. A publicação foi editada no âmbito das comemorações do centenário da Universidade do Porto
  5. A REAL ESCOLA E A ESCOLA MÉDICO-CIRÚRGICA DO PORTO CONTRIBUTO PARA A HISTÓRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO

    Amélia Ferraz apresenta neste livro um relato histórico dos primórdios do estudo médico-cirúrgico no Porto, permitindo conhecer melhor a história da Real Escola e da Escola Médico-Cirúrgica do Porto, as duas Escolas que antecederam a atual Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A obra é enriquecida com uma seleção de imagens de instrumentos anatómicos, cirúrgicos, laboratoriais e de diagnóstico médico, material académico e objetos pessoais de professores e estudantes, que testemunham o progresso científico, tecnológico e técnico nas duas escolas do Porto e integram, na sua maioria, o espólio do Museu de História da Medicina Maximiano Lemos da FMUP, cuja organização é da responsabilidade da autora.
  6. Envelhecimento e Demência Testemunhos da Prática Clínica 2016

    Prefácio do Professor Doutor Alexandre Castro Caldas  Testemunhos:  Professora Doutora Lia Fernandes
  7. Dia da Graduação 2016

    Contém mensagem do Reitor da Universidade do Porto, da Diretora da Faculdade de Medicina , dos antigos Presidentes da AEFMUP, e de alunos graduados. A cerimónia decorreu no passado dia 19 de novembro de 2016 e contou com as intervenções de Maria Amélia Ferreira (Diretora da FMUP), Henrique de Almeida (Diretor do Curso de Mestrado Integrado em Medicina), Francisco Sousa Vieira (Presidente da Associação de estudantes da FMUP) e Pedro Teixeira (Vice-Reitor da Universidade do Porto). Comissão Organizadora: Professora Doutora Amélia Ferraz (Diretora de FMUP); Ana Cavadas; Elizabete Loureiro; Jorge Jorge; Sérgio Evangelista; Teresa Duarte; Estudantes.
  8. CURAS ELEMENTARES – CURAS TERMAIS & ETC. EM PORTUGAL E NA GALIZA - C. HIPÓLITO-REIS

    CURAS ELEMENTARES – CURAS TERMAIS & ETC A obra revelou-se ao seu autor pela necessidade, quando surpreendido pela carência de textos recentes sobre o assunto.  Tem a ambição de uma proposta paradigmática, surgente da preocupação antropológica da atualidade médica, e supõe a redescoberta ontológica da qualidade que permite retomar o diálogo interrompido, há muito, no Ocidente, quando se calaram e depois calaram os filósofos gregos.
  9. Lágrimas e Sorrisos na Vida de um Médico de Fernando Reis Lima

    Este livro não é a história da vida do seu autor mas, constituindo um conjunto significativo de episódios da sua vida, seguramente vai permitir, a quem o conhece, conhecê-lo melhor e a quem não tem esse privilégio, a oportunidade de saber um pouco de um "Homem de Bem". Vale a pena ler este livro, pleno de Humanidade e de lições de vida. Vale a pena refletir com ele. *Nasceu no Porto em 1935 e licenciou-se em Medicina e Cirurgia. Exerceu a sua atividade de Médico na função pública até 1999. Foi diretor de vários serviços no Hospital de S. João. Tem vários trabalhos publicados em revistas portuguesas e estrangeiras.
  10. Abel Salazar - O Médico-O Cientista-O Artista-O Cidadão

    Nesta obra, além dos textos de apresentação, são incluídos muitos outros, de personalidades de várias áreas da sociedade, sobre Abel Salazar e reproduzidos 121 trabalhos do autor e muitas fotografias. Inclui também uma breve sinopse histórico-cultural ao redor de Abel Salazar, desde a sua vida ativa até à morte. Abel Salazar nasceu em Julho de 1889. Concluiu o Curso de Medicina com a classificação máxima de 20 valores e, 1915. Foi, com apenas 30 anos de idade, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Porto. Criou o Instituo de Histologia onde realizou um excecional trabalho de investigação, sendo os seus estudos publicados mas mais prestigiadas revistas cientificas internacionais. Além de médico e cientista, revelou-se como um notável pintor e escultor, pensador e escritor. Como Pintor, Abel Salazar espelhou na sua obra uma grande atração pelas mulheres anónimas de trabalho heroico e árduo, reflexo da consciência social do seu tempo. A sua atração pelo povo reflete bem a sua atitude solidária com os mais desfavorecidos que procurou sempre valorizar e exaltar.

Páginas

Livro do mês

  • História da Cirurgia

    Livro apresentado no passado dia 27 de abril na Ordem dos Médicos pela Senhora Professora Amélia Ferraz.Segundo o Senhor Professor José Manuel Amarante, autor da apresentação, trata-se de um livro que é o resultado de um trabalho que vem dar um novo e valioso contributo para a historiografia da cirurgia portuguesa, e que, de alguma forma, ...

últimos trabalhos destacados...